Resenha: Convergente - Veronica Roth

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Nos últimos tempos vocês puderam perceber que eu andei lendo muito não é verdade? É que o tempo realmente me ajudou....

Mas deixando o papo pra lá, eu vim resenhar para vocês o ultimo volume da Série Divergente, chamado de Convergente. Se quiserem ver as outras resenhas clique aqui ---> Divergente e Insurgente.



Convergente se inicia com a saída de Tris e Tobias e mais alguns integrantes da Audácia, para conhecerem  o mundo exterior que lhes foi revelado no final de Insurgente. Tá bem, ai você deve imaginar, "a eu já tinha percebido algo assim", sim, mas devemos convir que a história foi tão bem arquitetada, que você acaba ficando sem entender até que lhe dizem claramente os motivos para o isolamento daquelas pessoas, bem como o porque do acontecimento dos Divergentes.



Tris deseja saber porque sua antepassada escolheu entrar na comunidade/experimento. Ainda, descobre fatos importantes sobre sua vida e que envolvem sua família, deixando-a perplexa com fatos que ela não imaginaria.

Seu romance com Tobias continua com seus altos e baixos, que caracterizam a inexperiência de Tris com relação à relacionamentos amorosos. Então ela fica no meio de conflitos internos e aqueles que a cercam.

O livro se divide na visão de Tris e na visão de Tobias, o que te dá um amplo entendimento sobre os pensamentos de Tobias e como ele vê tudo o que está ocorrendo à sua volta.



Confesso que esperava outro fim, que eu não vou contar para vocês, mas mesmo assim é uma leitura gostosa, que te envolve e te excita a ler cada vez mais e mais.


Indico à todos aqueles que como eu gostam de uma boa distopia.




1 comentários :

  1. Obrigada pela partilha ;)
    eu também gosto de final inesperado ;)
    www.honestlyme.pt

    ResponderExcluir

 
-